Tel.: (11) 3297-3567 / Cel. (11) 9-7197-6955


Dicas de Reciclagem

RECICLAGEM

A reciclagem é um conjunto de técnicas que tem o objetivo de aproveitar os restos e reutilizá-los no processo de produção de que saíram. Eles são desviados, coletados, separados e processados para serem utilizados como matéria-prima na fabricação de novos produtos.

A reciclagem de materiais é muito importante, tanto para diminuir o acúmulo de dejetos, quanto para poupar a natureza da extração inesgotável de recursos. Além disso, reciclar causa menos poluição ao ar, à água e ao solo.

O consumidor pode auxiliar no processo de reciclagem das empresas. Se separarmos todo o lixo produzido em residências, impedimos que a sucata se misture aos restos de alimentos, o que facilita seu reaproveitamento pelas indústrias. Dessa forma, evitamos também a poluição.

BENEFÍCIOS DA RECICLAGEM

- Contribui para diminuir a poluição do solo, água e ar.
- Prolonga a vida útil dos aterros sanitários e evita o aparecimento de aterros clandestinos.
- Melhora a produção de compostos orgânicos.
- Gera renda pela comercialização do material a ser reciclado.
- Economiza água, energia elétrica e evita a extração de matéria-prima da natureza. Favorece a limpeza da cidade, pois o morador que adquire o hábito de separar o lixo dificilmente o joga nas vias públicas.
- A reciclagem dá oportunidade aos cidadãos de preservarem a natureza de uma forma concreta. Assim, as pessoas se sentem mais responsáveis pelo lixo que geram.

RESULTADOS DA RECICLAGEM

Uma tonelada de papel reciclado poupa 22 árvores do corte, consome 71% menos energia elétrica e representa uma redução de 74% na poluição atmosférica.

Uma tonelada de plástico economiza 130 quilos de petróleo, um recurso não-renovável.

Reciclar uma tonelada de alumínio gasta 95% menos energia e poupa a extração de cinco toneladas de minério. A energia economizada para reciclar uma única lata de refrigerante é suficiente para manter uma televisão ligada por três horas.

Para cada garrafa de vidro reciclada é economizada energia elétrica suficiente para acender uma lâmpada de 100 watts durante quatro horas. O vidro é 100% reciclável, ou seja, todo vidro usado pode virar vidro de novo infinitas vezes.

Formas de contribuir com a melhora do nosso ecossistema aplicando os 3 Rs.

Reduzir, Reutilizar, Reciclar – (3 Rs)

Os 3 Rs são os passos fundamentais, segundo a Agenda 21, para reduzir o volume do lixo produzido e, conseqüentemente, a exploração de recursos naturais e o impacto ambiental.


DECOMPOSIÇÃO DO LIXO

Na natureza, toda a matéria orgânica viva se decompõe rapidamente e ainda ajuda a tornar a terra mais fértil para alimentar novo seres que virão. Mas, com os seres humanos é diferente, porque são os únicos seres vivos que produzem coisas artificiais, e, algumas delas como latas de refrigerante, plástico e vidro levam uma eternidade para se decompor.



COLETA SELETIVA

É um sistema de recolhimento de materiais recicláveis, tais como papéis, plásticos, vidros, metais e orgânicos, previamente separados na fonte geradora. Estes materiais são vendidos às indústrias recicladoras ou aos sucateiros. As quatro principais modalidades de coleta seletiva são: domiciliar, em postos de entrega voluntária, em postos de troca e por catadores.

A coleta seletiva domiciliar assemelha-se ao procedimento clássico de coleta normal de lixo. Porém, os veículos coletores percorrem as residências em dias e horários específicos que não coincidam com a coleta normal.

A coleta em PEV (Postos de Entrega Voluntária) ou em LEV (Locais de Entrega Voluntária) utiliza normalmente contêineres ou pequenos depósitos, colocados em pontos fixos, onde o cidadão, espontaneamente, deposita os recicláveis.

A modalidade de coleta seletiva em postos de troca se baseia na troca do material entregue por algum bem ou benefício.

O sucesso da coleta seletiva está diretamente associado aos investimentos feitos para sensibilização e conscientização da população. Normalmente, quanto maior a participação voluntária em programas de coleta seletiva, menor é seu custo de administração. Não se pode esquecer também a existência do mercado para os recicláveis.

PADRÃO DE CORES PARA COLETA SELETIVA

A RESOLUÇÃO CONAMA N° 275 DE 25 DE ABRIL 2001 (Conselho Nacional do Meio Ambiente) estabeleceu o padrão de cores para a coleta seletiva sendo:

 

 

 

 

 

 


Recicle essa Ideia


Recicle essa Ideia

Copyright | 2010 - Todos os direitos reservados a Mac Ambiental

RMS Design